terça-feira, 13 de março de 2012

Saumur e a Torre do Templo: Civilização Cristã e Luz de Cristo

Très Riches Heures, setembro, Saumur
O que é que é o Lumen Christi, a Luz de Cristo, se refletindo na Cristandade?

Consideremos a iluminura que representa o castelo de Saumur, com aqueles clochetons, aqueles lírios dourados, a multidão de torres, etc.

Ali o Lumen Christi faz-se sentir da mesma maneira do que na catedral de Orvieto? Ou, por exemplo, no interior da Sainte Chapelle?

Não. É uma outra coisa.

Na iluminura de Saumur nos vemos diretamente a ordem natural: esta é o elemento que mais atrai e solicita análise.

A ordem natural no que ela tem de belo, ordenado, reto, fala racionalmente de um Deus ótimo máximo pairando por cima do castelo.


Assim como na água benta paira a benção de Deus, assim também a graça pode, por analogia, agir através de símbolos naturais. E nos símbolos naturais nos vemos algo que é de Deus.

Trono de Santo Eduardo, Torre do Templo, LondresO trono de Santo Eduardo, por exemplo: “quanta doçura há nele! Quanta dignidade! Oh Santo Eduardo para quem esse troneto foi esculpido! Oh magnificência! Oh Rei!”

Comparem Santo Eduardo com algum dos ditadores furibundos ou dos presidentes amanteigados de nosso século.

Comparem com Hitler ou com Clinton. O que é esse trono de madeira como valor material em comparação com a mesa do tal “Salão Oval” da Casa Branca?

O que é aquele trono em comparação com quanta coisa que Hitler teve a seu serviço?

O trono medieval tem aquela ogiva que sobe, e tem aquelas coisas, tem aquela distância, a cor do carvalho, e alguma coisa mais que Santo Eduardo deixou nele e que se comunica até às imitações.

É a Luz de Cristo se refletindo num trono de matéria. É algo inimitável e impossível de ser produzido pelo simples ser humano. É obra da graça.

(Autor: Plinio Corrêa de Oliveira. Texto sem revisão do autor).


GLÓRIA CRUZADAS CATEDRAIS ORAÇÕES HEROIS CONTOS CIDADE SIMBOLOS
Voltar a 'Glória da Idade MédiaAS CRUZADASCATEDRAIS MEDIEVAISORAÇÕES E MILAGRES MEDIEVAISHERÓIS MEDIEVAISCONTOS E LENDAS DA ERA MEDIEVALA CIDADE MEDIEVALJOIAS E SIMBOLOS MEDIEVAIS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário! Escreva sempre. Este blog se reserva o direito de moderação dos comentários de acordo com sua idoneidade e teor. Este blog não faz seus os comentários e opiniões dos comentaristas. Não serão publicados comentários que contenham linguagem vulgar ou desrespeitosa.