terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Os jardins feéricos de Villandry ‒ 1


Villandry foi o último castelo construído no Vale do Loire.

Em 1536, Jean le Breton, secretário de Estado do rei Francisco I, o construiu sobre uma antiga torre fortificada do século XII.

Villandry ficou conhecido no século XVI pelos seus jardins.

O Cardeal de Aragão, que o visitou em 1570, escreveu ao Papa “que tinha visto alfaces mais bonitos que em Roma”.


Em 1754, a propriedade dos sucessores de Le Breton passou para o Marquês de Castellane.

Mas, no século XIX, o jardim foi substituído por outro de tipo inglês, e o castelo abandonado virou uma ruína.

Em 1906, o médico espanhol Joachim Carvallo (1869-1936), adquiriu o castelo e decidiu restaurá-lo.

Carvallo procurou fontes documentais, como o Tratado de Cerceau Androuet sobre os palácios do século XVI com jardins renascentistas.

Ou o “Monasticon Gallicanum”, conjunto de gravuras de abadias beneditinas.

Villandry, o castelo e seus jardins, continuam hoje nas mãos da família Carvallo. Os atuais proprietários são bisnetos do restaurador.

O jardim consta de três terraços principais:

1 ‒ no mais alto está situado o ‘jardim da água’, um grande lago de onde a água cai por gravidade para todo o resto.

2 ‒ o terraço intermediário está dividido em três seções: o ‘jardim do amor’, o ‘jardim das cruzes’ e o ‘jardim da música’.

3 ‒ o inferior tem os jardins mais famosos e o jardim de plantas medicinais e aromáticas.

O ‘jardim da água’ é de inspiração clássica. Ele gira em torno de um grande lago rodeado por prados, plantas verdes e tílias aparadas.

O ‘jardim do amor’ é composto de quatro praças geométricas que representam o amor tenro, o amor apaixonado, o amor infiel e o amor trágico.

Todas as formas são feitas de buxo aparado, além de flores: branco para a inocência e a ternura; vermelho para a traição e o sangue.

continua no próximo post



GLÓRIA CRUZADAS CATEDRAIS ORAÇÕES HEROIS CONTOS CIDADE SIMBOLOS Voltar a 'Glória da Idade MédiaAS CRUZADASCATEDRAIS MEDIEVAISORAÇÕES E MILAGRES MEDIEVAISHERÓIS MEDIEVAISCONTOS E LENDAS DA ERA MEDIEVALA CIDADE MEDIEVALJOIAS E SIMBOLOS MEDIEVAIS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário! Escreva sempre. Este blog se reserva o direito de moderação dos comentários de acordo com sua idoneidade e teor. Este blog não faz seus os comentários e opiniões dos comentaristas. Não serão publicados comentários que contenham linguagem vulgar ou desrespeitosa.